Jornal dia
Seu jornal de notícias

Foi LIBERADO o 13º Salário INSS, veja as datas e Saque agora seu benefício!!

0

O 13º salário do INSS é um benefício adicional pago aos aposentados e pensionistas, proporcionando um alívio financeiro no final do ano. Este pagamento extra visa ajudar os beneficiários a enfrentarem despesas sazonais e melhorar a qualidade de vida.

Calendário de Pagamentos do 13º Salário do INSS

O calendário de pagamentos do 13º salário do INSS é organizado conforme o valor do benefício e o final do número do benefício. Confira as datas de pagamento:

Pagamentos para Quem Recebe Até um Salário Mínimo

  • Final 1: 25 de julho
  • Final 2: 26 de julho
  • Final 3: 27 de julho
  • Final 4: 28 de julho
  • Final 5: 31 de julho
  • Final 6: 1º de agosto
  • Final 7: 2 de agosto
  • Final 8: 3 de agosto
  • Final 9: 4 de agosto
  • Final 0: 7 de agosto

Pagamentos para Quem Recebe Acima de um Salário Mínimo

  • Finais 1 e 6: 1º de agosto
  • Finais 2 e 7: 2 de agosto
  • Finais 3 e 8: 3 de agosto
  • Finais 4 e 9: 4 de agosto
  • Finais 5 e 0: 7 de agosto

Quem Tem Direito ao 13º Salário do INSS?

Para ter direito ao 13º salário do INSS, o beneficiário precisa:

  • Ser Aposentado ou Pensionista: Todos os beneficiários do INSS, incluindo aposentados por idade, tempo de contribuição e invalidez, além de pensionistas.
  • Estar Recebendo Benefícios do INSS: O cadastro deve estar atualizado e o beneficiário deve estar recebendo os pagamentos regulares do INSS.

Como Verificar se Você Tem Direito ao 13º Salário do INSS?

Para verificar se você tem direito ao 13º salário do INSS, siga estas etapas:

  1. Acesse o Portal Meu INSS: Utilize o site ou aplicativo Meu INSS para consultar seus benefícios.
  2. Faça Login: Entre com seu CPF e senha cadastrada no sistema.
  3. Verifique seus Benefícios: Consulte a listagem de benefícios e veja se o 13º salário está incluído.

Como Utilizar o 13º Salário de Forma Eficiente?

Para aproveitar ao máximo o 13º salário, considere as seguintes dicas:

  • Quite Dívidas: Utilize o valor extra para pagar dívidas pendentes e evitar juros altos.
  • Planeje Gastos: Faça um orçamento para destinar o dinheiro a gastos importantes, como presentes de Natal ou despesas médicas.
  • Poupe: Se possível, guarde uma parte do benefício para emergências futuras.