Jornal dia
Seu jornal de notícias

INSS Notifica 4 Milhões de Segurados para Comprovação de Vida: Saiba como Proceder!

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) notificou 4.351.557 pessoas, nascidas nos meses de janeiro, fevereiro e março, para comprovarem sua existência. Este grupo engloba aqueles cuja prova de vida o INSS foi incapaz de realizar, devido à ausência dessas pessoas em quaisquer bases de dados.

Desde 2023, o processo de prova de vida se alterou. A obrigatoriedade now recai sobre o INSS para comprovar a vida dos segurados, ao invés do contrário. A verificação é feita através da análise de diversas bases de dados de instituições públicas e privadas.

Aqueles que receberam a notificação têm 60 dias para realizar a prova de vida através do aplicativo Meu INSS, na agência bancária onde recebem o benefício ou numa agência do INSS. Caso não seja feita, o benefício pode ser bloqueado.

Procedimentos e métodos para a comprovação de vida

  • A comprovação de vida pode ser realizada através das seguintes formas:

  • – Através do aplicativo Meu INSS ou aplicativos com acesso controlado e certificado.
  • – Atendimento em uma Agência da Previdência Social.
  • – Recebimento do benefício através de biometria.
  • – Realização de um empréstimo consignado com biometria.
  • – A prova de vida ainda pode ser realizada de forma presencial, tanto nas agências bancárias quanto nas unidades do INSS.

Anteriormente, o procedimento era realizado anualmente e de modo presencial (com apresentação de documento com foto), ou através de biometria em terminais de autoatendimento.

Leia Mais: Serasa lança plataforma com descontos! VEJA TODOS!

INSS de Servidores públicos

Para servidores públicos aposentados ou beneficiários de pensões da União, a prova de vida é realizada exclusivamente através dos aplicativos Sougov.br e Gov.br ou na agência bancária onde o pagamento é realizado. A obrigatoriedade ocorre no mês do aniversário do servidor/beneficiário.

Essas medidas visam aprimorar o processo de comprovação de vida ao mesmo tempo que mantém o rigor na concessão de benefícios, evitando fraudes e pagamentos indevidos. Entretanto, se o beneficiário não atender à notificação dentro do prazo estipulado, corre o risco de ter seu benefício bloqueado. Lembrando que o procedimento é completamente gratuito e visa a segurança do segurado.

Leia Mais: Mudanças no Programa Minha Casa Minha Vida! VEJA TODAS!