Jornal dia
Seu jornal de notícias

Poupança ou Tesouro Selic? Descubra Qual Rende Mais em 2024! SAIBA já como investir!

0

Ao pensar em economizar ou investir dinheiro, muitas pessoas ainda optam pela tradicional poupança da Caixa e do Banco do Brasil. Essa escolha se dá principalmente pela segurança e facilidade de acesso que essas contas oferecem, além de uma liquidez imediata que atrai pessoas que desejam ter disponibilidade rápida de seus recursos.

A poupança, em instituições como a Caixa e o Banco do Brasil, propicia um rendimento mensal consistente através de uma combinação da Taxa Referencial (TR) com um acréscimo de 0,5% ao mês, ou, variando conforme o cenário econômico, 70% da taxa Selic. Além disso, oferece a confiança do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que garante os depósitos até R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira.

Como é o Rendimento da Poupança Caixa e BB Atualmente?

Atualmente, a poupança da Caixa e do Banco do Brasil apresenta um rendimento anual de cerca de 6,17%, resultado da adição de 0,5% ao mês mais a Taxa Referencial vigente. Por exemplo, um investimento de R$1.000,00 nestas condições geraria em torno de R$61,70 após um ano, considerando o rendimento principal e a TR sem outras influências.

Poupança: Segurança Familiar e Liquidez Imediata

  • Rendimento: Taxa Referencial (TR) + 0,5% ao mês (ou 70% da Selic), atualmente em torno de 6,17% ao ano.
  • Segurança: Fundo Garantidor de Créditos (FGC) garante até R$ 250 mil por CPF e instituição.
  • Liquidez: Saque imediato sem penalidades.
  • Vantagens: Ideal para reserva de emergência e objetivos de curto prazo.
  • Desvantagens: Rendimento pode ser menor que outras opções, especialmente em períodos de alta inflação.
Poupança ou Tesouro Selic? Descubra Qual Rende Mais em 2024! SAIBA já como investir!
Poupança ou Tesouro Selic? Descubra Qual Rende Mais em 2024! SAIBA já como investir!

Qual é Mais Rentável entre a Poupança e CDI?

No que diz respeito à rentabilidade, existe uma consideração importante entre a poupança e outras opções de investimento, como o CDI (Certificado de Depósito Interbancário). A poupança muitas vezes rende menos que o CDI, dado que o CDI segue mais diretamente os movimentos da taxa Selic, a taxa básica de juros da economia, que geralmente apresenta valores superiores. Por outro lado, investimentos em CDI tendem a envolver prazos de resgate mais extensos e riscos variados, ao contrário da poupança com sua acessibilidade em termos de liquidez.

CDI: Rentabilidade atrelada à Selic, Mas com Prazos e Riscos

  • Rendimento: Geralmente superior à poupança, acompanhando a taxa Selic.
  • Segurança: Instituição financeira depositária deve ser confiável.
  • Liquidez: Prazo de resgate mínimo (geralmente entre 15 e 30 dias), podendo haver penalidades para resgates antecipados.
  • Risco: Risco de crédito da instituição depositária (mesmo que menor que o da poupança).
  • Vantagens: Maior potencial de rentabilidade que a poupança.
  • Desvantagens: Menor liquidez e risco de crédito da instituição depositária.

Qual Investimento Oferece Mais Segurança e Rendimento: Poupança ou Tesouro Selic?

Comparando a poupança com outra popular forma de investimento, o Tesouro Selic, a última geralmente se mostra mais vantajosa sob várias óticas. O Tesouro Selic rende mais devido ao seu vínculo direto com a taxa Selic, além de ser garantido pelo governo federal, propiciando segurança adicional em relação ao limite do FGC para a poupança. Ele também não possui prazo de carência para saques, disponibilizando liquidez diária.

Além disso, o Tesouro Selic oferece baixo risco de perda de capital, especialmente quando mantido até o vencimento, diferente da poupança, cujo valor pode ser erodido em períodos de alta inflação. Esses fatores tornam o Tesouro Selic uma escolha atraente para investidores que buscam uma combinação de rentabilidade, segurança e flexibilidade.

  • Segurança: Poupança garantida pelo FGC; Tesouro Selic pelo governo federal.
  • Rendimento: Tesouro Selic geralmente supera a poupança.
  • Liquidez: Tesouro Selic com resgate imediato; poupança com prazo de 30 dias.

Embora a poupança continue sendo uma opção segura e viável para muitos brasileiros, é vital considerar todas as alternativas disponíveis para otimizar os retornos sobre seus investimentos de acordo com seu perfil e necessidades financeiras individuais.