Jornal dia
Seu jornal de notícias

R$ 650 de benefício para mães solteiras do Bolsa Família! CONFIRA!

0

O programa Bolsa Família, destinado a auxiliar famílias de baixa renda, inicia hoje (15/03) os pagamentos do mês de março. Desta vez, as mães solteiras cadastradas no programa terão um benefício especial: saques a partir de R$ 650. O programa regularmente oferece um auxílio mensal de, no mínimo, R$ 600 às famílias cadastradas.

O que essa política pretende ampliar?

Além do aspecto financeiro, a política do Bolsa Família inclui condições que promovem a inclusão social e o desenvolvimento das famílias beneficiadas. Entre essas medidas estão a exigência de frequência escolar de crianças e adolescentes e cumprimento de etapas do calendário de saúde, como o pré-natal para gestantes e a vacinação.

R$ 650 de benefício para mães solteiras do Bolsa Família! CONFIRA!
R$ 650 de benefício para mães solteiras do Bolsa Família! CONFIRA!

Leia Mais: DESCONTO de até 99% e parcelamento na negociação de dívidas SERASA! CONFIRA!

Quando serão os pagamentos do Bolsa Família?

Os pagamentos do Bolsa Família seguem uma ordem baseada no último número do NIS (Número de Identificação Social) de cada beneficiário, iniciando sempre a partir do dia 15 de cada mês no valor fixo de R$ 600. Porém, os participantes do programa ainda recebem um acréscimo na parcela regular graças a benefícios adicionais.

Para as mães solteiras, são concedidos valores extras em função da quantidade de filhos ou necessidades especiais. Esses benefícios, que elevam o valor do Bolsa Família, são:

Leia Mais: R$850 de Benefício BOLSA FAMÍLIA 2024 para famílias brasileiras. Veja AGORA!

Quais os benefícios para mães solteiras?

  • Benefício Primeira Infância (BPI): R$ 150 para famílias com crianças até 6 anos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): R$ 50 para famílias com crianças de 7 a adolescentes de 18 anos, gestantes e nutrizes;
  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar (BCO): Valor adicional para famílias cuja soma dos benefícios não alcance R$ 600;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): Suplemento de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): Concedido até maio de 2025 para garantir que nenhum beneficiário receba quantia inferior ao que era pago durante o Auxílio Brasil, programa do governo anterior.

Complementando o pacote de vantagens concedidas a quem pertence ao programa, há o direito ao vale-gás, equivalente a R$ 102 para a compra de botijões de gás de 13kg. Esse beneficio é pago pelo governo a cada dois meses.

Nossa especialista Lila Cunha fala um pouco mais sobre Bolsa Família em seu último artigo, confira!