Jornal dia
Seu jornal de notícias

Renovação de CNH 2024: Entenda Agora os exames médicos obrigatórios para Sua Renovação!

0

A obtenção ou renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) é sempre acompanhada de uma avaliação médica essencial. Contrário ao que muitos pensam, esta etapa vai muito além do teste de visão. Profissionais habilitados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) analisam diversas condições de saúde para assegurar a aptidão dos motoristas.

Recentemente, a revista Autoesporte explorou esse tema em uma conversa detalhada com o Dr. Flávio Adura, diretor científico da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), para esclarecer as principais dúvidas sobre o processo.

Como são classificados os motoristas no exame médico?

Após a realização do exame médico, os candidatos são categorizados em um dos quatro status definidos pelo Contran: Apto, Apto com restrições, Inapto temporário e Inapto definitivo. Cada classificação depende das condições de saúde avaliadas pelo médico.

Quais as principais condições de saúde verificadas da CNH?

Além de testar a visão, o exame médico da CNH cobre um amplo espectro de condições de saúde, como:

  • Condições oftalmológicas, como catarata e glaucoma, que podem limitar seriamente a capacidade de dirigir;
  • Condições auditivas, considerando que a audição é crucial para perceber sinais sonoros importantes no trânsito;
  • Problemas cardiológicos que poderiam ocasionar mal súbito, representando um risco elevado tanto para o condutor quanto para outros usuários da via;
  • Doenças neurológicas que afetam a capacidade de reação e a coordenação motora necessária para conduzir um veículo;
  • Diversas condições ortopédicas que podem ser atenuadas com adaptações veiculares para permitir a condução segura;
  • Distúrbios relacionados ao sono, como a apneia, que afetam a atenção e a vigília do motorista.

Pacientes com necessidades especiais podem dirigir?

Uma questão comum é se indivíduos com condições específicas, como o espectro autista, podem obter a carteira de motorista. Segundo o Dr. Adura, isso depende do grau de funcionalidade e independência de cada caso. Alguns indivíduos superdotados no espectro autista, por exemplo, têm se destacado até em competições de alto nível.

O especialista faz uma ressalva importante para casos de esquizofrenia e outras condições psiquiátricas, nas quais é essencial uma avaliação detalhada e um laudo favorável de acompanhamento médico contínuo para que seja permitida a habilitação.

Qual a Atualização na validade da CNH?

Em abril de 2021, houve uma mudança significativa na legislação de trânsito. Com as novas regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), estabelecidas durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, a validade da CNH foi estendida para dez anos para condutores com menos de 50 anos. Para aqueles entre 50 e 70 anos, a renovação ocorre a cada cinco anos e, para quem tem mais de 70 anos, a cada três anos.

Essas medidas visam adaptar as normas de trânsito à realidade atual dos condutores brasileiros, garantindo que apenas aqueles plenamente capazes, sob o ponto de vista médico, possam estar ao volante, contribuindo assim para a segurança nas estradas e vias do país.