Jornal dia
Seu jornal de notícias

Saiba o valor do seu 13º salário do INSS de forma SIMPLES! Confira

0

Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão, em breve, consultar o valor do 13º salário que será depositado em suas contas nos meses de maio e junho. A informação para o pagamento do benefício, distribuído em duas parcelas, será disponibilizada de forma online.

O 13º salário do INSS é beneficiado a todos os aposentados e pensionistas, com exceção de quem recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC), por ser de caráter assistencialista, e não acessa o 13º pagamento. A expectativa é que os valores sejam creditados no primeiro semestre de 2023.

Como calcular o valor do 13º salário do INSS?

Saiba o valor do seu 13º salário do INSS de forma SIMPLES! Confira
Saiba o valor do seu 13º salário do INSS de forma SIMPLES! Confira

O cálculo do 13º salário do INSS é idêntico àquele utilizado para qualificar o pagamento dos trabalhadores com carteira assinada. Utiliza-se como referência os meses anteriores ao pagamento.

Desde a pandemia, o abono natalino, nome popular do 13º, tem sido pago em maio e junho. Para obter o valor final, os sistemas do INSS consideram o valor do salário mensal dividido por 12 meses, multiplicando o resultado pelo número de meses de recebimento do benefício no último ano. O valor obtido corresponde a 100% do 13º salário, porém ainda dividido em duas partes.

leia mais: INSS reajusta contribuição para autônomos em 2024: Entenda as mudanças!

Quem tem direito ao INSS?

Os requisitos para receber benefícios do INSS variam conforme o tipo de benefício. Abaixo estão alguns dos requisitos comuns para alguns dos benefícios mais comuns oferecidos pelo INSS no Brasil:

1. Aposentadoria por Idade:

  • Ter idade mínima de 65 anos para homens e 60 anos para mulheres.

2. Aposentadoria por Tempo de Contribuição:

  • Homens: 35 anos de contribuição.
  • Mulheres: 30 anos de contribuição.

3. Aposentadoria por Invalidez:

  • Ser considerado incapaz de trabalhar de forma total e permanente por meio de perícia médica do INSS.

4. Auxílio-Doença:

  • Estar temporariamente incapaz para o trabalho por motivo de saúde, comprovado por perícia médica do INSS.

5. Salário-Maternidade:

  • Para seguradas empregadas, contribuintes individuais e facultativas: carência de 10 contribuições mensais.
  • Para seguradas especiais (trabalhadoras rurais): comprovação de atividade rural e qualidade de segurada.

6. Pensão por Morte:

  • Para cônjuges/companheiros: comprovação do óbito do segurado e comprovação de dependência econômica.
  • Para filhos menores de 21 anos ou inválidos: comprovação de dependência econômica e incapacidade.

7. Benefício de Prestação Continuada (BPC):

  • Idoso: ter 65 anos ou mais e renda familiar per capita inferior a 1/4 do salário-mínimo.
  • Pessoa com deficiência: comprovar impedimentos de longo prazo (mínimo de dois anos) e renda familiar per capita inferior a 1/4 do salário-mínimo.

Observação Importante:

  • A carência, o qual é o número mínimo de contribuições mensais para ter direito ao benefício, pode variar para diferentes benefícios e categorias de segurados.

É fundamental verificar os requisitos específicos para cada benefício, pois eles podem sofrer alterações ao longo do tempo devido a mudanças na legislação previdenciária.

Recomenda-se consultar fontes oficiais do INSS ou buscar orientação junto a um profissional especializado para obter informações atualizadas e precisas sobre os requisitos para os benefícios do INSS.

Leia mais: Descubra os Impactos do Aumento do Salário Mínimo para quem é MEI em 2024!

Como consultar o 13º salário do INSS?

Além de saber quando será feito o depósito do 13º salário, os beneficiários do INSS poderão consultá-lo online através do aplicativo Meu INSS. No menu de serviços, basta procurar por “Extratos” e, em seguida, selecionar “Extrato de pagamentos”. Após filtrar pela data desejada, será possível descobrir quanto será depositado e a data prevista.

Trazer as informações sobre o 13º salário com antecedência trará aos aposentados e pensionistas tempo para se planejar financeiramente. A consulta também poderá ser realizada por telefone, através da Central de Atendimento, pelo número 135.