Jornal dia
Seu jornal de notícias

Aumento do Salário Mínimo Afeta Tabela do Imposto de Renda!

0

No começo de 2023, uma significativa atualização no valor do salário mínimo foi definida pelo governo federal. O aumento, que foi de R$ 1.320 para R$ 1.412, também afetou a tabela do Imposto de Renda. As informações vêm da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Unafisco Nacional), indicando que indivíduos que recebem mais do que dois salários mínimos agora se encontram sujeitos à tributação.

Quem agora está sujeito à tributação?

Como o conjunto de isenção do Imposto de Renda não sofreu ajustes, pessoas com renda a partir de dois salários mínimos agora ultrapassam o valor de isenção – R$ 2.640. Com o novo salário mínimo, quem recebe duas vezes essa quantia tem uma renda mensal de R$ 2.824, um valor que excede a faixa de isenção.

Leia Mais: Calendário Bolsa Família 2024: benefícios, requisitos e novidades do programa!

A Unafisco propõe mudanças

De acordo com a Unafisco Nacional, a tabela do imposto de renda está com uma defasagem de 159,57% em todas as faixas de renda, sendo que na faixa de isenção a defasagem atinge 134%. Isso quer dizer que contribuintes que ganham até R$2.112 deveriam ser isentos.

Esta defasagem foi determinada através da diferença entre o valor de inflação e o valor mantido constante pelo governo nas faixas de salários. Tal distinção fez com que a quantidade de contribuintes isentos diminuísse, ao mesmo tempo em que a quantidade de pessoas tributadas aumentou.

Leia Mais: Calendário do BPC e INSS 2024! VEJA MUDANÇAS!

Revisão da tabela do Imposto de Renda

Está claro que a revisão da tabela do Imposto de Renda é defendida pela Unafisco. Com tal atualização, a expectativa é que a quantidade de contribuintes isentos reflita a realidade atual, prevenindo que mais pessoas sejam tributadas injustamente.

Os dados fornecidos pela Unafisco sugerem que a tabela do Imposto de Renda precisa ser ajustada, levando-se em consideração a atual situação econômica do país, especialmente no que diz respeito ao salário mínimo.