Jornal dia
Seu jornal de notícias

Bolsa família: calendário do pagamento! Receba no mínimo R$ 600!

0

Para os beneficiários do Programa Bolsa Família que esperavam ansiosamente, a boa notícia chegou: o programa de auxílio do governo federal divulgou o calendário de desembolsos para o mês de fevereiro de 2024.

Qual o calendário do bolsa família?

Tradicionalmente, as datas são organizadas considerando o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

Aqui estão as datas de desembolsos planejados para fevereiro:

  • NIS terminado em 1: 16 de fevereiro;
  • NIS terminado em 2: 19 de fevereiro;
  • NIS terminado em 3: 20 de fevereiro;
  • NIS terminado em 4: 21 de fevereiro;
  • NIS terminado em 5: 22 de fevereiro;
  • NIS terminado em 6: 23 de fevereiro;
  • NIS terminado em 7: 26 de fevereiro;
  • NIS terminado em 8: 27 de fevereiro;
  • NIS terminado em 9: 28 de fevereiro;
  • NIS terminado em 0: 29 de fevereiro.
Bolsa família: calendário do pagamento! Receba no mínimo R$ 600!
Bolsa família: calendário do pagamento! Receba no mínimo R$ 600!

Leia mais: CadÚnico e bolsa família: entenda como se cadastrar em benefícios sociais!

Conheça os benefícios do Programa Bolsa Família

Vale lembrar que o Programa Bolsa Família é composto por seis categorias de benefícios, cada uma com valores diferentes, determinados conforme a situação específica de cada beneficiário. Eles incluem:

  • Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por membro da unidade familiar;
  • Benefício Complementar (BCO): valor adicional para famílias cuja soma dos benefícios não atinja o valor de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância (BPI): adicional de R$ 150 para cada criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar (BVF): suplemento de R$ 50 para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): adicional de R$ 50 para cada membro com até sete meses (nutriz);
  • Benefício Extraordinário de Transição (BET): aplicável em circunstâncias específicas até maio de 2025, para garantir que nenhum beneficiário receba uma quantia inferior ao que era concedido no programa anterior (Auxílio Brasil).

Leia mais: Reajuste no BPC em 2024: valor aumenta e alcança mais idosos no Brasil!

Como se cadastrar no bolsa família?

1. Documentos Necessários:

  • Para o Solicitante:
    • Documento com foto (RG ou CNH);
    • Título de eleitor ou CPF;
    • Comprovante de endereço;
    • Comprovante de tutela (documento de guarda ou outros documentos que comprovem a tutela do dependente declarado).
  • Para os Demais Familiares:
    • Documento com foto (RG);
    • CPF;
    • Certidão de nascimento, certidão de casamento;
    • Carteira de trabalho (Quando houver).
  • Outros Documentos Importantes:
    • Comprovante de vacinação;
    • Comprovante de matrícula e frequência escolar dos dependentes;
    • Comprovante de acompanhamento pré-natal, no caso de gestantes.

2. Cadastro Online:

  • Acesse o site ou aplicativo MOPS (Meu Ministério da Cidadania);
  • Procure pela opção de cadastro no Bolsa Família e preencha as informações solicitadas.

3. Entrevista no Posto da Assistência Social:

  • Compareça a um posto da assistência social, prefeitura ou outro órgão público (dependendo da sua cidade e estado);
  • Agende ou passe por uma entrevista, onde serão confirmadas as informações presentes nos documentos;
  • Não é necessário levar toda a família, o solicitante pode ir como representante dos demais membros e levar os documentos de cada um dos dependentes.

4. Recebimento do NIS:

  • Após o cadastro e a entrevista, você receberá o NIS, que é o número de cadastro para cidadãos que já recebam algum benefício social.

Lembre-se de consultar os requisitos específicos e os procedimentos atualizados no site oficial do Bolsa Família ou em órgãos governamentais locais.

Como manter seu bolsa família em segurança?

Para continuar a receber esse benefício, as famílias beneficiárias devem cumprir certos critérios na área da saúde e educação.

Isso inclui a frequência escolar obrigatória para crianças e adolescentes de 4 a 17 anos, acompanhamento pré-natal para gestantes, acompanhamento nutricional (peso e altura) para crianças de até sete anos e adesão ao calendário nacional de vacinação.

Para evitar perder qualquer um desses benefícios, é crucial manter-se atualizado com todas as informações e atualizações relacionadas ao Programa Bolsa Família. Mantenha os benefícios em dia para obter todas as vantagens oferecidas pelo programa.