Jornal dia
Seu jornal de notícias

Cadastrados do CadÚnico com internet gratuita? Entenda

0

Com o crescente avanço tecnológico e a necessidade de inclusão digital, o Brasil tem adotado estratégias significativas para integrar jovens de baixa renda ao mundo digital. Uma dessas estratégias é o acesso gratuito à internet proporcionado pelo governo federal aos estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). Este acesso não se limita só ao uso educacional, mas também inclui plataformas fundamentais como Facebook e WhatsApp.

Sem dúvidas, esta política pública ajuda a diminuir a lacuna digital enfrentada por muitos estudantes brasileiros, dando-lhes melhores oportunidades educacionais em um mundo cada vez mais conectado. À medida que os alunos podem interagir livremente e de forma contínua com professores e outros estudantes, a plataforma de aprendizado se torna vastamente enriquecida.

Como atualizar seu CadÚnico? Não perca seus benefícios!
Como atualizar seu CadÚnico? Não perca seus benefícios!

Como o Programa Internet Brasil está revolucionando a educação?

Focado primeiramente nos alunos cadastrados no CadÚnico e matriculados em escolas públicas, o programa Internet Brasil tem como objetivo ampliar o acesso à educação e combater a exclusão digital. Por meio da distribuição gratuita de chips de internet, o programa possibilita que esses alunos tenham acessibilidade contínua ao mundo online, sem custos, contribuindo diretamente para a melhoria do ensino público no país.

Expansão geográfica do Programa do CadÚnico

A recente expansão do programa engloba agora estudantes de redes estaduais de diferentes regiões do Brasil, não se restringindo apenas ao Nordeste, como anteriormente. Essa decisão estratégica visa incluir um número maior de jovens que podem se beneficiar do acesso gratuito à internet, espelhando a necessidade de oferecer recursos educacionais igualitários através do território nacional.

Impacto direto nos estudantes

Lucas Gabriel Alves Caridade, um beneficiário de 13 anos de Uberaba, Minas Gerais, é um exemplo vivo dos impactos positivos do programa. Com o chip de internet fornecido pelo governo, Lucas relata uma melhora acentuada em seu rendimento escolar, evidenciando como a autonomia para estudar de casa transformou sua rotina educacional.

Quais são os critérios para receber o chip de internet?

  1. Estudar no ensino fundamental a partir do terceiro ano ou no ensino médio;
  2. Estar inscrito no CadÚnico;
  3. Possuir um dispositivo móvel compatível;
  4. Não possuir chips de outras iniciativas públicas similares;
  5. Registrar interesse junto à instituição de ensino e assinar um termo de adesão.

Através dessas medidas progressistas, o programa Internet Brasil não apenas diminui a exclusão digital entre estudantes de famílias de baixa renda, mas também prepara o Brasil para um futuro onde profissionais capacitados e integrados digitalmente possam prosperar no cenário global.

Essas ações refletem o compromisso contínuo do governo em promover igualdade de acesso à tecnologia, fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens brasileiros.