Jornal dia
Seu jornal de notícias

NUBANK anuncia o lançamento da NuCoin, seu token de fidelidade. DESCUBRA como funciona!

0

2024 promete ser um ano recheado de novidades no campo blockchain. O Nubank, banco digital reconhecido em toda América Latina e sucesso entre aproximadamente 70 milhões de clientes, divulgou que irá lançar o token Nucoin para enriquecer o seu programa de fidelidade.

No meio do ano de 2023, o Nubank já havia inovado ao oferecer compra, venda e armazenamento de criptomoedas como bitcoin, USDP e ethereum. Graças a uma parceria com a Paxos, a empresa foi capaz de alcançar 1,8 milhão de clientes brasileiros neste segmento. E agora, a ideia é ampliar ainda mais a presença digital.

O que impulsiona a criação do Nucoin pela NUBANK?

A proposta do Nubank acompanha uma tendência de outras grandes instituições financeiras, como o Banco Original que também lançou um utility token. A intenção por trás do Nucoin é, primeiramente, oferecer mais benefícios dentro de sua plataforma. Este movimento também pode ser observado no Mercado Livre, que recentemente foge o Mercado Coin e deu seus primeiros passos no universo das criptomoedas.

Leia mais FGTS: facilita a aquisição da casa própria através de leilões Com até 59% de Desconto: Veja Agora!

Quais são os planos para o Nucoin?

O Nubank já adiantou que pretende deixar seus clientes participarem das discussões acerca do projeto do Nucoin e outros temas relacionados à Web 3.0. O token será lançado na rede Ethereum e na Polygon, uma decisão que visa aproveitar a rapidez e o custo-benefício dessa camada de blockchain, que já é usada por vários outros projetos de criptomoedas.

Leia mais Aceleração dos Processos do INSS: Saiba Como!

E o Mercado Coin da NUBANK como funciona?

O Mercado Livre idealizou um benefício em criptomoedas voltado aos usuários de nível 6 no Mercado Pontos, programa de fidelidade do próprio Mercado Livre e do Mercado Pago. A plataforma oferece cashback de 0,5% para compras acima de R$ 200 em criptomoedas e oportunidades de investimento em CDB com rendimentos de 110% do CDI e prazo de dois meses para resgate.

“Esta é uma oportunidade para que os nossos usuários possam entrar no universo de investimentos, aproveitando a taxa Selic, que atualmente está em 13,75% ao ano”, afirmou Ignacio Estivariz, diretor sênior de banco digital do Mercado Pago. O Mercado Livre, aliás, adquiriu recentemente status de banco.

Como podemos ver, iniciativas como a do Nucoin e a do Mercado Coin têm o potencial de reforçar o vínculo entre essas companhias e seus públicos, para além de evidenciar uma tendência do mercado financeiro em se adaptar ao universo das criptomoedas e garantir cada vez mais soluções digitais.

Preparados para uma experiência ainda mais imersiva no próximo ano? É isso que o Nubank quer proporcionar a seus usuários com o Nucoin.