Jornal dia
Seu jornal de notícias

Pagamento do PIS 2024 será liberado dia 15! Veja como sacar R$ 1.412!

0

O calendário de pagamentos do benefício PIS/Pasep referente ao exercício de 2024 já está em vigência, segundo informações divulgadas pelo governo federal. A distribuição de valores é organizada de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores do setor privado e o final da inscrição dos servidores públicos.

Entenda o que é PIS/PASEP

Os programas governamentais PIS (Programa de Integração Social) e PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) atuam para fornecer uma fração dos rendimentos da União aos trabalhadores do Brasil.

Pagamento do PIS 2024 será liberado dia 15! Veja como sacar R$ 1.412! (Divulgação)
Pagamento do PIS 2024 será liberado dia 15! Veja como sacar R$ 1.412! (Divulgação)

Leia mais: Revisão da Vida Toda e seus Impactos na Previdência – STF Analisa Aposentadorias! CONFIRA!

Banco do Brasil e Cixa, entenda o pagamento do PIS/PASEP

O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal, enquanto o Pasep é pago pelo Banco do Brasil. Tradicionalmente, os pagamentos são divididos em seis lotes, sendo baseados no mês de nascimento para o PIS e no número final de inscrição para o Pasep.

O saque desses benefícios iniciará nas datas de liberação dos lotes e terminará em 27 de dezembro de 2024. Após esse prazo, será necessário aguardar uma convocação especial do Ministério do Trabalho e Previdência para eventuais saques não realizados dentro do período estabelecido.

Leia mais: Vale Gás 2024: Como milhões de famílias brasileiras serão beneficiadas – SAIBA MAIS!

Qual o calendário PÌS/PASEP

Os meses de nascimento definem as datas de início dos pagamentos para os beneficiários privados:

  • Janeiro – a partir de 15/02/2024;
  • Fevereiro – a partir de 15/03/2024;
  • Março e Abril – a partir de 15/04/2024
  • Maio e Junho – a partir de 15/05/2024;
  • Julho e Agosto – a partir de 17/06/2024;
  • Setembro e Outubro – a partir de 15/07/2024;
  • Novembro e Dezembro – a partir de 15/08/2024.

Calendário de pagamentos do PASEP

Para os servidores públicos, o final da inscrição é o quesito para definição das datas de pegamentos do PASEP:

  • Final 0 – a partir de 15/02/2024;
  • Final 1 – a partir de 15/03/2024;
  • Final 2 e 3 – a partir de 15/04/2024;
  • Final 4 e 5 – a partir de 15/05/2024;
  • Final 6 e 7 – a partir de 15/06/2024;
  • Final 8 – a partir de 15/07/2024;
  • Final 9 – a partir de 15/08/2024.

Critérios para obter o benefício

Os trabalhadores precisam obedecer a certos critérios para terem direito ao recebimento dos programas:

  • Ser cadastrado no PIS/PASEP por pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido até dois salários mínimos mensais na carteira assinada no ano anterior;
  • Ter trabalhado por no mínimo 30 dias com carteira assinada no ano anterior;
  • Fornecer dados corretamente informados pelo empregador à Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Aprenda a consultar o PIS/PASEP

Para consultar o PIS (Programa de Integração Social), você pode seguir estes passos:

  1. Acesse o site oficial da Caixa Econômica Federal, responsável pela gestão do PIS no Brasil.
  2. Procure pela opção de consulta do PIS no site. Geralmente, ela está localizada na seção de benefícios sociais ou trabalhista.
  3. Você precisará informar alguns dados pessoais para acessar as informações do PIS, como número do NIS (Número de Identificação Social) ou número do PIS/PASEP, data de nascimento e algumas vezes o CPF.
  4. Após fornecer esses dados, siga as instruções do site para realizar a consulta.
  5. Se preferir, você também pode consultar o PIS pessoalmente em uma agência da Caixa Econômica Federal, apresentando seu documento de identificação.

Lembrando que o PIS é um benefício destinado aos trabalhadores brasileiros, então é necessário estar empregado com carteira assinada para ter direito a ele.

Como sacar o PIS pela Caixa?

Para sacar o PIS (Programa de Integração Social) pela Caixa Econômica Federal, você pode seguir estas orientações:

  1. Verifique se você tem direito ao saque do PIS. Geralmente, o saque do PIS é permitido para os trabalhadores que atendem aos critérios estabelecidos pelo governo, como ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior, estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos, entre outros requisitos.
  2. Caso tenha direito ao saque, verifique o calendário de pagamento do PIS divulgado pela Caixa Econômica Federal. Esse calendário indica as datas em que os saques estarão disponíveis, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.
  3. Dirija-se a uma agência da Caixa Econômica Federal com um documento de identificação com foto (como RG ou CNH) e o número do PIS.
  4. No caso de correntistas da Caixa, o valor do PIS pode ser depositado automaticamente na conta, conforme o calendário de pagamento. Para quem não é correntista, o saque pode ser feito pessoalmente nas agências da Caixa, em terminais de autoatendimento, lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui, dependendo do valor disponível.
  5. Em alguns casos, o PIS pode ser pago diretamente na folha de pagamento do trabalhador, se a empresa tiver convênio com a Caixa Econômica Federal.
  6. No momento do saque, é importante estar ciente de que pode ser solicitada a apresentação do Cartão Cidadão ou do Cartão do Cidadão e a senha cadastrada, especialmente nos terminais de autoatendimento.

Lembrando que o PIS é um benefício destinado aos trabalhadores brasileiros, então é necessário estar empregado com carteira assinada para ter direito a ele.

Obtenha mais informações sobre o abono salarial

Os trabalhadores da iniciativa privada que necessitarem de mais informações sobre o PIS podem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal ou consultar o telefone 0800 726 0207. Para os servidores públicos, informações complementares sobre o PASEP podem ser obtidas em qualquer agência do Banco do Brasil.