Jornal dia
Seu jornal de notícias

Previsão de Aumento na conta de luz? Entenda o impacto que isso pode causar!

0

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou em Brasília, nesta terça-feira (23), que a conta de luz de 2024 terá um aumento médio de 5,6%. Tal patamar é acima da média de inflação esperada para o mesmo período, que é de 3,87%.

Os subsídios para a conta de luz devem alcançar seu maior valor da série histórica da Aneel em 2024, chegando a R$ 37,2 bilhões – sendo que a maior parte, cerca de R$ 32,7 bilhões, será custeada pelos próprios consumidores.

Por que o aumento na conta de luz?

Previsão de Aumento na conta de luz? Entenda o impacto que isso pode causar!
Previsão de Aumento na conta de luz? Entenda o impacto que isso pode causar!

A Aneel atribui esse aumento a dois fatores principais. O primeiro deles é a expansão da rede básica de energia. Para 2023 e 2024, estão previstos leilões de linha de transmissão que somam R$ 60 bilhões em novos investimentos. Quando essas concessionárias realizam tais aportes, elas são remuneradas por meio da tarifa.

O segundo fator relevante é a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Esse é um fundo que reúne as subvenções nas tarifas de energia e é rateado pelos consumidores de todo o país.

Em 2024, a CDE deve alcançar a cifra recorde de R$ 37,2 bilhões. Para se ter uma ideia, no último ano esse valor foi de R$ 34 bilhões. Desde 2010, a CDE acumulou crescimento de 269%.

Leia mais: Antecipação do 13° Salário em 2024! SAIBA de TUDO!

Como funciona a conta de luz?


A conta de luz é um documento emitido pela concessionária de energia elétrica responsável pelo fornecimento de energia para o imóvel. A conta é utilizada para registrar o consumo de energia elétrica do imóvel e para cobrar o valor correspondente ao consumo.

O cálculo da conta de luz é feito com base nos seguintes fatores:

  • Tarifa de energia: a tarifa de energia é o valor cobrado pela concessionária de energia elétrica por unidade de energia consumida. A tarifa é composta por uma série de custos, como custos de geração, transmissão e distribuição de energia
  • Consumo de energia: o consumo de energia é medido pelo medidor de energia elétrica, instalado na entrada do imóvel. O consumo de energia é expresso em quilowatts-hora (kWh).

A conta de luz é composta pelos seguintes itens:

  • Dados do consumidor: nome, endereço, CPF ou CNPJ do consumidor.
  • Dados da conta: número da conta, data de vencimento, valor da conta.
  • Cálculo da conta: consumo de energia, tarifa de energia, valor da conta.
  • Impostos e encargos: ICMS, PIS/Cofins, encargos setoriais.
  • Débitos: débitos anteriores, juros e multas.
  • Descontos: descontos concedidos pela concessionária.

A conta de luz deve ser paga até a data de vencimento. Se a conta não for paga até a data de vencimento, serão cobrados juros e multas.

A conta de luz é um documento importante, pois é o registro do consumo de energia elétrica do imóvel. A conta pode ser utilizada para acompanhar o consumo de energia elétrica e para verificar se a cobrança está correta.

Leia mais: Depósito R$ 1.400 para idosos de Baixa Renda! SAIBA COMO RECEBER!

Outro impacto no bolso do consumidor

Outra questão que deve impactar as contas dos consumidores de eletricidade este ano é o fim da devolução de créditos tributários provenientes da exclusão do ICMS da base de cálculo de PIS/Cofins.

O diretor-geral da Aneel, Sandoval Feitosa, defendeu a expansão da rede de transmissão, alegando ser necessária para integrar as fontes renováveis e para trazer mais confiabilidade e segurança para o atendimento do Sistema Interligado Nacional.

Além disso, essa expansão tem um papel importante na conexão de áreas que ainda se encontram isoladas.