Jornal dia
Seu jornal de notícias

Rio quer construir 824 casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida! APROVEITE!

0

Na última sexta-feira, o governo do Rio de Janeiro iniciou a busca por empreendimentos interessados em construir 824 novas unidades do programa federal Minha Casa, Minha Vida. As moradias estarão localizadas na capital do estado e em Petrópolis.

Qual o impacto do Minha Casa, Minha Vida?

Rio quer construir 824 casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida! APROVEITE!
Rio quer construir 824 casas pelo programa Minha Casa, Minha Vida! APROVEITE!

Até agora, a primeira etapa de seleção do novo Minha Casa, Minha Vida já tem aprovado um total de 11.462 unidades habitacionais. Isso deve beneficiar cerca de 40 mil cidadãos fluminenses em 80 empreendimentos, que estão distribuídos por 16 municípios.

No total, 1.394 unidades serão construídas em terrenos próprios do governo do estado, nos bairros do Complexo do Alemão, Benfica, Manguinhos, Jacarezinho, Centro, cada um no Rio de Janeiro, e em Petrópolis.

A construção destas unidades no âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida representa uma ação significativa do governo para a garantia da cidadania através do direito à moradia. Nos próximos anos, milhares de fluminenses terão a chance de terem uma casa digna, com acesso a serviços básicos e infraestrutura completa.

Leia mais: Guia Completo de Como Verificar Dados da SUA Aposentadoria em 2024!

Como é feito o processo de seleção do Minha Casa, Minha Vida?

O Secretário de Habitação, Bruno Dauaire, explicou que a próxima etapa do processo será a manifestação de interesse das empresas. Após isso, será feita a análise das propostas que seguirão os critérios do programa federal. Por último, a documentação será encaminhada para a Caixa Econômica Federal, que será responsável pela contratação das obras.

Leia mais: Saque-Aniversário do FGTS! Veja o Calendário Anunciado pela Caixa!

Terão novas seleções no Minha Casa, Minha Vida?

Dauaire também adiantou que outros chamamentos públicos estão sendo finalizados para publicação em breve. Ele destacou a importância de superar a burocracia para atender à demanda por moradia. “Temos vencido a burocracia para realizar o sonho dessas famílias que aguardam há mais de uma década por moradias dignas.” No primeiro chamamento do Minha Casa, Minha Vida, estima-se um investimento de R$ 138,9 milhões em recursos federais.

Portanto, as ações do governo do Rio de Janeiro em parceria com o programa federal Minha Casa, Minha Vida traçam um caminho para a cidadania e a dignidade para milhares de fluminenses que buscam um lar para chamar de seu.