Jornal dia
Seu jornal de notícias

O calendário de pagamentos do INSS passa por mudanças significativas neste final de ano. Veja AGORA!

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou recentemente alterações em seu calendário de pagamentos. A mudança, que ocorreu no final deste ano, impactará os beneficiários da Previdência Social cujos pagamentos estão previstos para os meses de Novembro e Dezembro. Aqui, explicaremos o que esta modificação implica e o que você, como beneficiário, precisa saber a respeito.

Aproximadamente 37 milhões de brasileiros, que são atendidos pelo INSS, precisam prestar atenção às alterações do cronograma de pagamento. O INSS realizou modificações nas datas de depósito previamente estabelecidas. Por essa razão, é indispensável que os beneficiários fiquem atentos às novas datas.

Quais são as novas datas de pagamento?

Para entender quando ocorrerá o depósito, você precisa usar o penúltimo dígito do seu cartão de benefício como referência. Abaixo, mostramos quais os pagamentos para quem recebe até um salário mínimo e quem recebe acima deste valor.

  • Final 1: 25 de outubro;
  • Final 2: 26 de outubro;
  • Final 3: 27 de outubro;
  • Final 4: 30 de outubro;
  • Final 5: 31 de outubro;
  • Final 6: 01 de novembro;
  • Final 7: 03 de novembro;
  • Final 8: 06 de novembro;
  • Final 9: 07 de novembro;
  • Final 0: 08 de novembro;

Leia mais MEIs PODEM receber o Bolsa Família, Saiba Como!

Como ficam os pagamentos para quem recebe mais de um salário mínimo sobre o INSS?

Se você é um beneficiário que recebe mais de um salário mínimo, as datas de pagamento foram modificadas da seguinte forma :

  • Finais 1 e 6: 01 de novembro;
  • Finais 2 e 7: 03 de novembro;
  • Finais 3 e 8: 06 de novembro;
  • Finais 4 e 9: 07 de novembro;
  • Finais 5 e 0: 08 de novembro;

Leia mais Benefício de Prestação Continuada do INSS: Veja Agora como solicitar!

Como o governo vem agindo para reduzir as filas do INSS?

Além das mudanças no calendário de pagamentos, o governo federal vem implementando uma série de medidas para minimizar o número de pessoas nas filas do INSS. Um dos principais problemas era a aprovação de benefícios que exigia avaliação médica. Atualmente, cidadãos conseguem obter a aprovação de benefícios como o auxílio-doença sem precisar comparecer à agência.

Medidas como esta visam evitar que as pessoas precisem se deslocar até o órgão para passar por exames médicos, tornando todo o processo mais telepresencial e cômodo para o cidadão. Fique ligado para mais updates sobre a Previdência Social.