Jornal dia
Seu jornal de notícias

VEJA Mudanças na Prova de Vida do INSS em 2023!

0

Contribuintes do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) enfrentam mudanças significativas em 2023 na chamada prova de vida. Anteriormente a responsabilidade do segurado, agora cabe ao governo federal verificar e confirmar o status de vida dos beneficiários. Essa inversão de responsabilidades simplifica o processo para muitos, mas também levanta uma série de questões sobre como a prova de vida será avaliada e realizada.

Tradicionalmente, os beneficiários do INSS tinham que fazer a prova de vida anualmente, em pessoa, no banco onde os benefícios eram recebidos ou via aplicativo Meu INSS. Este processo era uma forma do INSS confirmar a continuidade do recebimento de benefícios de longo prazo, como aposentadorias e pensões. Com as alterações, como essa verificação é feita passou por grandes mudanças.

O que mudou na prova de vida do INSS em 2023?

VEJA Mudanças na Prova de Vida do INSS em 2023!
VEJA Mudanças na Prova de Vida do INSS em 2023!

Agora, o INSS irá cruzar uma variedade de dados dos beneficiários nos dez meses posteriores ao seu nascimento para validar seu status de vida. Se depois deste prazo não houver confirmação, o INSS irá notificar o segurado por meio do aplicativo Meu INSS, ligação telefônica da Central 135 ou pelo banco do beneficiário para que a prova de vida seja realizada em até 60 dias.

Caso a prova de vida não seja realizada dentro deste prazo, um servidor do INSS visitará o endereço registrado pelo segurado para executar a prova de vida. Isso reforça a importância do segurado em manter seus dados atualizados, seja via aplicativo ou site do Meu INSS.

Leia mais: 13º no Bolsa Família 2023? ÓTIMAS Expectativas e Novo Calendário de Novembro!

E se a prova de vida ainda não for realizada?

Se nenhuma confirmação for obtida mesmo após a visita de um servidor do INSS, o pagamento será bloqueado por 30 dias. Durante esse período, o segurado ainda pode fazer a prova de vida através da rede bancária ou pessoalmente em uma agência do INSS. Caso ainda assim a prova de vida não seja feita, a suspensão da renda previdenciária será mantida por seis meses, ocasionando o cancelamento do benefício.

O detalhamento dessas etapas serve para assegurar que fraudes ou golpes sejam evitados, garantindo que quem realmente precisa dos benefícios os receba devidamente.

Leia mais: INSS Revisão da Vida Toda; O que mudará para os Aposentados? TUDO que os Aposentados Precisam Saber!

Como a prova de vida pode ser confirmada em 2023?

O governo tem autorização para cruzar diversas informações dos beneficiários para confirmar a prova de vida. Estas ações só podem ser executadas pelo próprio beneficiário, e incluem, mas não se limitam a: utilização do aplicativo Meu INSS, realização de empréstimo consignado reconhecido biometricamente, atendimento presencial nas agências do INSS, atualização do CadÚnico, votação nas eleições, e declaração do Imposto de Renda, seja como titular ou dependente.