Jornal dia
Seu jornal de notícias

Concessão de benefícios do INSS com Tempo Reduzido!

0

Prorrogáveis por mais 15 na impossibilidade de apresentar os documentos no prazo inicial, solicitada através do sistema Meu INSS.

A burocracia enfrentada pelos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ganha um alento com a significativa redução no tempo médio de concessão de benefícios.

A espera, que costumava ser um desafio para muitos segurados, agora foi encurtada para uma média de 47 dias.

Esta notícia traz um alívio para aqueles que dependem dos serviços previdenciários, evidenciando melhorias no processo de análise e concessão de benefícios.

Qual o tempo de análise do INSS?

Concessão de benefícios do INSS com Tempo Reduzido!
Concessão de benefícios do INSS com Tempo Reduzido!

As chamadas exigências ocorrem quando os dados cadastrais, como CPF, NIS ou CTPS, fornecidos pelo segurado, não conferem com as informações em posse do INSS. Elas também podem ocorrer quando a documentação apresentada contém informações divergentes.

Esse é o caso, por exemplo, de segurados que apresentam laudos médicos sem assinatura do profissional ou ausência do CID.

Tais solicitações passam a contar um novo prazo, de 45 dias, a partir do cumprimento da exigência pelo segurado.

Portanto, casos de benefícios em exigência não entram na contagem do prazo médio de concessão do INSS, de 47 dias.

Leia mais: Guia completo para trabalhadores autônomos contribuírem para o INSS!

Qual a importância da qualificação profissional para a previdência?

Para os cidadãos ainda em atividade laboral e desejam evitar problemas no futuro, o indicado é sempre manter atualizados os dados de qualificação profissional junto ao INSS.

Essa iniciativa vai além do envio dos documentos comprobatórios de efetivo exercício da atividade laboral.

Um exemplo de documento importante é o Perfil Profissiográfico Previdenciário (PPP), que deve ser fornecido pela empresa empregadora ao trabalhador ao término do contrato de trabalho.

Este documento traz informações referentes ao ambiente de trabalho e sobre a exposição do trabalhador a agentes nocivos à saúde, que podem garantir a aposentadoria especial.

Leia mais: Reforma Administrativa no Governo Lula: Fique por dentro dos Desafios e Estratégias!

Conclusão

Ampliar a eficiência do INSS tem sido uma preocupação constante da gestão pública. A redução do tempo de concessão dos benefícios e do acúmulo de processos em fila de análise é um indicativo de que as estratégias implementadas têm surtido efeito.

No entanto, ainda há desafios a serem vencidos, especialmente em relação ao cumprimento de exigências que atrasam a liberação dos requerimentos. Por isso, para evitar atrasos e facilitar a concessão dos benefícios, o ideal é manter os dados sempre atualizados e enviá-los corretamente ao INSS.