Jornal dia
Seu jornal de notícias

Minha Casa Minha Vida tem inscrições ABERTAS para 2024; SAIBA como se candidatar

0

O programa Minha Casa Minha Vida, que tem transformado a realidade de milhares de famílias brasileiras nos últimos anos, está com inscrições abertas para 2024. Ao longo do tempo, o projeto do Governo Federal tem sido crucial para possibilitar o acesso à moradia digna para todos. Neste artigo, vamos compartilhar as novidades do programa e explicar como você pode se candidatar para ser um beneficiário.

A cada ano, o Minha Casa Minha Vida passa por transformações, de olho nas necessidades e na realidade socioeconômica do Brasil. Para 2024, o programa apresenta um subsídio significativamente mais alto, taxas de juros mais atraentes e imóveis com valores que podem chegar a R$ 350 mil. E claro, as faixas de renda também sofreram alterações importantes. Vamos entender mais sobre isso nos próximos parágrafos.

Quem pode se inscrever no Minha Casa Minha Vida?

De acordo com os critérios estabelecidos pelo Governo Federal, o programa Minha Casa Minha Vida é direcionado para famílias com renda bruta familiar mensal de até R$ 8 mil em áreas urbanas ou renda bruta familiar anual de até R$ 96 mil em áreas rurais.

As faixas de renda estão divididas da seguinte maneira:

  • Faixa Urbano 1: renda bruta familiar mensal até R$ 2.640;
  • Faixa Urbano 2: renda bruta familiar mensal de R$ 2.640,01 a R$ 4,4 mil;
  • Faixa Urbano 3: renda bruta familiar mensal de R$ 4.400,01 a R$ 8 mil.

Leia mais Feirão Serasa Limpa Nome 2023: Saiba como negociar dívidas com até 99% de desconto

E para as famílias que residem em zonas rurais, como funciona?

As famílias que residem em áreas rurais estão divididas em três grupos, de acordo com a renda bruta familiar anual:

  • Faixa Rural 1: renda bruta familiar anual até R$ 31.680;
  • Faixa Rural 2: renda bruta familiar anual de R$ 31.680,01 até R$ 52,8 mil;
  • Faixa Rural 3: renda bruta familiar anual de R$ 52.800,01 até R$ 96 mil.

Uma importante alteração nas novas determinações da Medida Provisória é que essas faixas de renda não consideram benefícios temporários, assistenciais ou previdenciários, como auxílio-doença, seguro-desemprego, Benefício de Prestação Continuada e o Bolsa Família.

Leia mais Antecipe Já o Seu Saque-Aniversário do FGTS com o Nubank: Dinheiro Rápido e Fácil

Quais as outras mudanças para 2024 no programa Minha Casa Minha Vida?

O Governo Federal anunciou que reservará 50% das unidades do programa para as famílias da Faixa 1. Ademais, serão incluídas na lista de possíveis beneficiários pessoas que se encontram em situação de rua. Outra mudança interessante é que os contratos e registros das moradias serão feitos no nome da mulher, e poderão ser firmados sem a autorização do marido. Essa mudança veio com o intuito de promover a autonomia e o empoderamento feminino.