Jornal dia
Seu jornal de notícias

PIS/Pasep ano base 2022: Quem tem direito ao abono salarial liberado pelo Governo?

0

A pandemia da Covid-19, que assolou o mundo em 2020, afetou diversas áreas da vida em sociedade, e com o PIS/PASEP não foi diferente. Este abono salarial, tão esperado por muitos brasileiros, enfrentou atrasos significativos em razão da situação global. A situação provocou uma onda de incertezas entre os cidadãos que contavam com estes recursos.

Embora o futuro ainda seja nebuloso no que diz respeito ao prazo do pagamento por parte do Governo Federal, é possível reunir algumas informações pertinentes para tentar entender o panorama previsto para o recebimento do abono salarial.

Qual é a previsão para o Abono Salarial de 2023/2024?

PIS/Pasep ano base 2022: Quem tem direito ao abono salarial liberado pelo Governo?
PIS/Pasep ano base 2022: Quem tem direito ao abono salarial liberado pelo Governo?

Devido à pandemia de Covid-19, o calendário do PIS/PASEP sofreu atrasos que resultaram em um intervalo de dois anos entre o ano de referência e o ano de recebimento do benefício. Isso tem provocado dúvidas entre os que têm direito ao valor, sobre quando realmente o receberão.

Embora seja importante entender as razões por trás desses atrasos, também é necessário buscar informações sobre a previsão de pagamento do benefício.

O que é e para quem se destina o PIS/PASEP?

O PIS/Pasep é um programa social com o objetivo de integrar os trabalhadores no desenvolvimento do país. O programa busca beneficiar aqueles que atendem a determinados critérios, tais como tempo de serviço e faixa salarial, com um pagamento anual chamado de abono salarial.

Por exemplo, o PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é administrado pela Caixa Econômica Federal, enquanto o PASEP se destina aos servidores públicos e é gerido pelo Banco do Brasil.

Leia Mais: Veja TUDO sobre o Novo Minha Casa, Minha Vida! Saiba o que mudou!

Quem tem direito ao abono salarial ano-base 2022?

Para ter direito ao PIS do ano-base 2022, o trabalhador precisa atender aos seguintes critérios:

  • ter tido um vínculo empregatício sob o regime CLT por no mínimo 12 meses durante o ano de 2022;
  • receber uma renda mensal de até dois salários mínimos em 2022;
  • não ter exercido atividades para pessoa física durante esse período;
  • possuir registro no sistema PIS/PASEP por pelo menos cinco anos;
  • ter trabalhado por pelo menos 30 dias com a Carteira de Trabalho assinada em 2022.

Assim, é necessário que os trabalhadores verifiquem se atendem a todos estes critérios para poderem receber o abono salarial.

Leia Mais: Governo ANUNCIA nova orientação para pagamento de retroativos do Bolsa Família

Como receber os valores do PIS e quando será o repasse?

Para efetuar o recebimento do PIS, os trabalhadores devem dirigir-se a uma das agências da Caixa Econômica Federal portando algum documento oficial com foto. No caso dos que possuem conta no referido banco, há ainda a opção de receber diretamente por meio do Internet Banking.

A pandemia de Covid-19, como mencionado anteriormente, trouxe mudanças no calendário e, com o atraso decorrente, o abono salarial de 2022 só irá ser pago em 2024. No entanto, ainda não foram divulgadas as datas e valores específicos para o PIS 2024.

Para se manter atualizado e receber o benefício de maneira cômoda e dentro dos prazos estabelecidos, é fundamental ficar de olho nas informações divulgadas pelos canais oficiais do governo federal.