Jornal dia
Seu jornal de notícias

URGENTE! Atrasos no PIS/PASEP prejudicam os trabalhadores com prazo limite de saque

0

Os trabalhadores que ainda não efetuaram o saque do PIS/PASEP podem estar se prejudicando financeiramente. Recentemente, um levantamento apontou que dos R$ 10,6 bilhões pagos como abono salarial entre fevereiro e abril deste ano, pelo menos R$ 58 milhões ainda não foram resgatados. Isso significa que muitos trabalhadores, embora com o direito garantido, estão deixando o benefício no banco.

Do total do valor do PIS/PASEP desse ano, que é referente ao que foi trabalhado em 2021, ainda há um total de R$ 58 milhões que não foram sacados.

Quem tem direito ao PIS/PASEP?

Para ter direito ao PIS/PASEP, os trabalhadores necessitam atender a algumas regras específicas. Entre elas, ter atuado por no mínimo 30 dias de carteira assinada, recebendo no máximo dois salários mínimos. Além disso, é necessário ter o número do PIS/PASEP emitido há pelo menos cinco anos e estar incluso no RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) da empresa em que trabalhou.

Leia mais Desenrola Brasil Promete Aliviar Dividas: Saiba Como Agora!

Quanto é possível receber?

O valor do abono salarial varia de acordo com o tempo de serviço prestado no último ano. Os valores variavam de R$ 108,50 a R$ 1.302 até o mês de maio, e após essa data passaram a ser de no mínimo R$ 110 e no máximo R$ 1.320. Isso ocorreu devido ao reajuste do salário mínimo.

Onde sacar o PIS/PASEP?

Para sacar o PIS, os beneficiários devem comparecer a uma agência da Caixa Econômica ou em uma casa lotérica. Já o saque do PASEP deve ser feito em uma agência do Banco do Brasil ou nos Correios.

Leia mais Grande Mudanças no INSS referente ao Auxílio-Doença: Veja Agora!

Qual o prazo para saque?

O calendário de saque do PIS/PASEP vai até junho deste ano. Porém, aqueles que não respeitarem esse prazo ainda têm até o dia 28 de dezembro para resgatar o benefício. Caso o saque não seja realizado até essa data, será necessário aguardar a abertura do calendário de 2024 para solicitar o benefício através do Ministério do Trabalho e Emprego.

Lembre-se de buscar esse benefício dentro do prazo. Não deixe que o seu direito fique esquecido no banco. Acompanhe suas informações e utilize os canais digitais disponibilizados, facilitando assim todo o processo de saque.